AUTOATENDIMENTO

Mestranda conquista bolsa e vai ao Exterior
27/11/2019 - 15h50

A mestranda Victória S. Soeiro, do Programa de Pós-Graduação em Ciências Farmacêuticas, é a primeira aluna da Uniso a conquistar uma Bolsa Estágio de Pesquisa no Exterior (BEPE), oferecida pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp). Em razão dessa conquista, ela passará três meses na Universidade do Minho, localizada na cidade de Braga, em Portugal. O embarque já está marcado para 16 de dezembro.

Victória Soeiro é aluna da Uniso desde a Graduação, tendo se formado em Engenharia de Bioprocessos e Biotecnologia, em dezembro de 2017. Atualmente, é bolsista Fapesp, do Programa de Pós-Graduação em Ciências Farmacêuticas, modalidade mestrado, com orientação do professor Marco Vinicius Chaud e co-orientação da professora Angela F. Jozala. A pós-graduação foi iniciada no primeiro semestre de 2018.

O projeto já iniciado por Victória Soeiro e intitulado “Sistema Biomimético Estruturado a partir da Gelificação Ionotrópica com Adsorção de Nanocristais de Celulose Bacteriana" terá agora a parceria da Universidade do Minho. Por meio da Bolsa BEPE-Fapesp, a aluna desenvolverá parte do seu projeto de mestrado no exterior. Ela atuará por três meses no Centro de Engenharia Biológica daquela universidade, sob supervisão do professor Francisco Miguel Gama.

A bolsa BEPE, que cobre todos os custos da viagem ao exterior, tem o objetivo de apoiar a realização de estágios de pesquisa de curta e média duração por bolsistas da Fapesp. O estágio de pesquisa no exterior deve ser, obrigatoriamente, parte integrante de bolsa de pesquisa usufruída no país. Segundo a Fapesp, para se conseguir uma bolsa BEPE, a proposta deve demonstrar que o estágio de pesquisa no exterior trará substancial contribuição para a pesquisa que o bolsista desenvolve no Brasil.

 

 

 

Foto: Divulgação


Victória Soeiro ficará 3 meses na Universidade do Minho, em Portugal