AUTOATENDIMENTO

Engenharia Agronômica


Turno  Manhã / Noite

Turno  Bacharelado

Duração  10 semestres


R$  1.565,00*

* Para mais informações, clique no link do valor, no campo “mensalidade” logo
abaixo, ou ainda no edital do processo seletivo.

Engenharia Agronômica

Grade e Corpo Docente



Apresentação




Objetivo Geral

O curso de Engenharia Agronômica tem como principal objetivo graduar Engenheiros Agrônomos para atender às necessidades da sociedade em termos de agropecuária e agroindústria, assim como desenvolver pesquisas nas áreas de biotecnologia, irrigação e drenagem, fitotecnia e zootecnia e também desenvolver programas de extensão que auxiliem na solução de problemas do meio rural da região de Sorocaba.

 

Objetivos Específicos

O curso de Engenharia Agronômica tem como objetivo formar profissionais:

  • Que possuam conhecimentos, habilidades e atitudes que lhe possibilitem diagnosticar, analisar, compreender os processos agrários e ambientais, contribuir para a solução de problemas agrícolas e atuar no planejamento e gerenciamento tanto ao nível da unidade de produção como fora dela, partindo, para isso, de uma visão crítica, transformadora e integrada da estrutura e funcionalidade das realidades socioeconômicas e político-culturais do meio rural brasileiro;
  • Aptos a desenvolver conhecimentos científicos para o estabelecimento de tecnologias eficientes, socialmente justas e ecologicamente equilibradas objetivando o desenvolvimento de processos produtivos que respeitem o equilíbrio dos ecossistemas naturais do país, particularmente da região de Sorocaba;
  • Que saibam contribuir na transformação dos sistemas de produção, embasados no conhecimento dos ecossistemas, do entendimento da formação histórica e das características atuais, no que se refere à posse e uso da terra, às relações de trabalho e a base técnico-científica.

 

Perfil do Egresso / Campo de Atuação

O perfil profissiográfico do Engenheiro Agrônomo privilegia uma formação multidisciplinar e abrangente, com sólidos conhecimentos das ciências básicas, diferenciação científica e ênfase nas áreas de conhecimento social, de modo a tornar o exercício profissional mais amplo, à semelhança da própria agricultura, que é um sistema heterogêneo, porém integrado, que envolve água, solo, planta, animal e ambiente. Com isso, o profissional formado em agronomia estará apto a:

  • Projetar, coordenar, analisar, fiscalizar, assessorar, supervisionar e especificar, técnica e economicamente, projetos agroindustriais e do agronegócio, aplicando padrões, medidas e controle de qualidade;
  • Realizar vistorias, perícias, avaliações, arbitramentos, laudos e pareceres técnicos, com condutas, atitudes e responsabilidade técnica e social, respeitando a fauna e a flora e promovendo a conservação e / ou recuperação da qualidade do solo, do ar e da água, com uso de tecnologias integradas e sustentáveis do ambiente;
  • Atuar na organização e gerenciamento empresarial e comunitário, interagindo e influenciando nos processos decisórios de agentes e instituições, na gestão de políticas setoriais;
  • Produzir, conservar e comercializar alimentos, fibras e outros produtos agropecuários;
  • Participar e atuar em todos os segmentos das cadeias produtivas do agronegócio;
  • Exercer atividades de pesquisa, extensão, análise, experimentação, ensaios e divulgação técnica.

 

Campo de atuação

O Engenheiro Agrônomo possui um campo de trabalho vasto, devido a sua formação ampla, a qual foca o processo de produção de alimentos (vegetal e animal) desde o campo até chegar à mesa do consumidor, visando sempre uma produção sustentável do mesmo, e, também, em virtude a extensão das fronteiras agrícolas que o nosso país oferece. Dentro do campo de trabalho do Engenheiro Agrônomo, encontra-se a extensão rural, pela qual este profissional pode atuar diretamente junto aos produtores rurais. Na área de pesquisa e educação, este profissional pode ser requisitado por institutos e empresas públicas ligadas à pesquisa, empresas ligadas à transformação e comercialização de produtos agropecuários e empresas relacionadas com a produção e venda de insumos agrícolas. O Engenheiro Agrônomo pode também atuar na área de consultoria em estações experimentais, organismos de fomento da produção agrícola, delegacias regionais de agricultura, propriedades rurais, unidades de defesa sanitária vegetal e animal, cooperativas agrícolas e em empresas, além de setores ligados às cadeias produtivas agrícolas.

 

Base Legal

  • Início de Funcionamento:04/02/2013.
  • Autorização: Resolução Consu 020/2012, publicada em 28/08/2012.
  • Reconhecimento: Portaria SERES nº. 1.012/2017, publicada no Diário Oficial da União, em 27/09/2017.

Matriz Curricular (Grade)


Matriz (grade) vigente a partir do 1º Semestre de 2019.


Tempo mínimo de integralização: 10 semestres
Tempo máximo de integralização: 15 semestres



Engenharia Agronômica


Componentes Curriculares Créditos C.H.*
1º SEMESTRE    
REPRESENTAÇÕES GRÁFICAS COM RECURSOS COMPUTACIONAIS 04 80

QUÍMICA GERAL E EXPERIMENTAL

04 80

ECOLOGIA E GESTÃO AMBIENTAL

02 40

APLICAÇÕES DE CÁLCULO PARA ENGENHARIA 1

04 80

ENGENHARIA E INOVAÇÃO

02 40

ENGENHARIA: TECNOLOGIA E DESAFIOS

02 40

LÍNGUA PORTUGUESA: TEXTO E CONTEXTO

04 80
2º SEMESTRE

BIOLOGIA CELULAR

04 80
BIOQUÍMICA 04 80

SOCIOLOGIA, EXTENSÃO RURAL E DESENVOLVIMENTO RURAL SUSTENTÁVEL

02 40

ANATOMIA E SISTEMÁTICA VEGETAL

04 80

UNIVERSIDADE E TRANSFORMAÇÃO SOCIAL

02 40

FÍSICA APLICADA A ENGENHARIA

04 80
3º SEMESTRE

MICROBIOLOGIA GERAL

02 40

FISIOLOGIA VEGETAL

04 80

INTRODUÇÃO À CIÊNCIA DO SOLO

04 80

TECNOLOGIA DE PRODUTOS AGRÍCOLAS

04 80

GESTÃO, LOGÍSTICA E COMERCIALIZAÇÃO AGRÍCOLA

02 40

TOPOGRAFIA

02 40

ÉTICA E RESPONSABILIDADE SOCIAL

02 40
4º SEMESTRE

ZOOLOGIA E ENTOMOLOGIA AGRÍCOLA

04 80

ANATOMIA E FISIOLOGIA ANIMAL

02 40

NUTRIÇÃO MINERAL DE PLANTAS

04 80

QUÍMICA, FERTILIDADE E MICROBIOLOGIA DO SOLO

04 80

MECANIZAÇÃO AGRÍCOLA

02 40

ADMINISTRAÇÃO APLICADA À ENGENHARIA

02 40

TEORIA ECONÔMICA

02 40
5º SEMESTRE

RECURSOS COMPUTACIONAIS APLICADOS À ESTATÍSTICA

04 80

BIOLOGIA MOLECULAR

02 40

PRAGAS DE PLANTAS CULTIVADAS

04 80

MÁQUINA E IMPLEMENTOS AGRÍCOLAS

04 80

ELETIVA

04 80

GESTÃO DE PESSOAS

02 40
6º SEMESTRE

SISTEMAS DE ENERGIA

02 40

GEOPROCESSAMENTO APLICADO A ESTUDOS AMBIENTAIS

04 80

GENÉTICA VEGETAL

02 40

ADUBOS E ADUBAÇÃO

04 80

ZOOTECNIA DE NÃO RUMINANTES

04 80

FUNDAMENTOS DE FITOPATOLOGIA

04 80
7º SEMESTRE
CLIMATOLOGIA 02 40

CULTURA DE TECIDOS VEGETAIS

04 80
FORRAGICULTURA 02 40

HORTICULTURA 1

04 80

CONSTRUÇÕES RURAIS

04 80

MELHORAMENTO GENÉTICO

04 80
8º SEMESTRE
HIDRÁULICA 02 40

CONTROLE DE PLANTAS DANINHAS

04 80

SISTEMAS DE PRODUÇÃO AGRÍCOLA

04 80

ZOOTECNIA DE RUMINANTES

04 80

PESQUISA, EXTENSÃO E INOVAÇÃO: PROJETO

02 40

GESTÃO DE RECURSOS HÍDRICOS, HIDROLOGIA E DRENAGEM

04 80
9º SEMESTRE

AVALIAÇÕES E PERÍCIAS RURAIS

02 40

CULTIVO PROTEGIDO

02 40

HORTICULTURA 2

04 80

MANEJO E CONSERVAÇÃO DO SOLO

04 80

CULTURAS DE INVERNO

02 40

PESQUISA, EXTENSÃO E INOVAÇÃO: TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO

02 40
ELETIVA 04 80
10º SEMESTRE

IRRIGAÇÃO E DRENAGEM

04 80

FRUTICULTURA

04 80

SISTEMAS AGROINDUSTRIAIS

04 80

AGROECOLOGIA E SILVICULTURA

04 80
ELETIVA 04 80
     
ESTÁGIO SUPERVISIONADO - ENGENHARIA AGRONÔMICA 12 240
ATIVIDADES COMPLEMENTARES - ENGENHARIA AGRONÔMICA 11 220
     
Total Geral 225 4500

*em horas/aula


Matriz Curricular (Grade) sujeita a alterações.


Observações:


1. Os componentes curriculares acima elencados seguirão um Plano de Estudos Aconselhado pela Uniso, existente no Projeto Político-Pedagógico do Curso.


2. Em conformidade com o § 2º do art. 3º do Decreto nº 5.626/2005, os alunos poderão cursar, também, o componente curricular Língua Brasileira de Sinais – LIBRAS (2 créditos/40 horas-aula), como “componente curricular optativo”.


Corpo Docente


Clique e conheça os projetos, as pesquisas e a experiência profissional dos professores.

Mensalidade


MensalidadeValor
Mensalidade IntegralR$ 1.565,00
Mensalidade com Creduniso (50%)
(Valor calculado com base na mensalidade integral, não cumulativo com outros financiamentos, descontos ou bolsas de estudo. Com o Creduniso, o aluno paga metade do valor do curso e a outra metade depois de formado. Consulte o edital.)
R$ 782,50
*Mensalidade para alunos ingressantes na matriz curricular do primeiro semestre de 2020.
Outros descontos
Egressos (40%)
Fidelidade (20% ou 10%)
Família (10%)
Simultâneo (10%)

Consulte Portaria de Descontos

Os descontos não são cumulativos.
*Confira o edital do processo seletivo 2020.

Fale com a Coordenação


Critérios de Avaliação


REGULAMENTO ACADÊMICO DA UNIVERSIDADE DE SOROCABA


CAPÍTULO V DA FREQUÊNCIA E DAS NOTAS

Art. 38. Para ser aprovado, o aluno de cursos de graduação deverá ter, no mínimo, 75% de frequência do total da carga horária de cada componente curricular, bem como ter, no mínimo, nota 6,0 (seis), numa escala de 0,0 (zero) a 10,0 (dez), com intervalo de 0,5 (meio) ponto.


Consulte o
Regulamento

Requisitos


REGIMENTO DA UNIVERSIDADE DE SOROCABA


Seção II

DO INGRESSO NOS CURSOS E NOS COMPONENTES CURRICULARES DE GRADUAÇÃO

Art. 34. Os cursos de graduação são abertos a candidatos que tenham concluído o ensino médio ou equivalente.

Parágrafo único. O ingresso nos cursos de graduação se dará:

  1. por processo seletivo ou por outra forma legal;
  2. sem processo seletivo, para candidatos portadores de diploma registrado de curso de graduação, na existência de vagas remanescentes.


Consulte o
Regimento
Avaliação do MEC



creduniso

Duração (tempo de integralização):
Mínimo: 10 semestres


Modalidade:
Bacharelado


Horário das aulas:
Manhã ou Noite


Coordenador(a):
Profa. Dra. Bertha Devora Agurto Berdejo de Castro


Última Atualização:
11/03/2019 - 16:59:22

Esta página está de acordo com a Lei nº 13.168, de 6 de outubro de 2015.