AUTOATENDIMENTO

Pesquisa de professora da Uniso vence Prêmio Top Ciência
14/12/2017 - 09h17

Em um ano de pesquisa, a professora Manuella Nóbrega Dourado, do curso de Engenharia Agronômica, analisou o processo de promoção de crescimento de três tipos de tomate, a partir da aplicação das bactérias do gênero Methylobacterium na semente, visando entender os mecanismos envolvidos nessa interação.
Com possibilidades de utilização em novos estudos e no desenvolvimento de novos produtos, os resultados renderam o prêmio de melhor projeto na modalidade Inovação - categoria Regular, do Top Ciência 2017, concurso promovido pela empresa BASF.
Conforme explica a professora, a pesquisa comprovou a eficiência do procedimento para o aumento do crescimento do tomate, além de proteger a planta contra estresses e diminuir os riscos à saúde e ao meio ambiente.
Com o tema “Efeito da aplicação (tratamento de sementes) de Methylobacterium spp. no crescimento e desenvolvimento inicial de plantas de tomate”, o trabalho é fruto do Pós-Doutorado da professora na área de Genética de Micro-organismo e foi desenvolvido em parceria com os professores Welington Luiz de Araújo e Durval Dourado Neto, ambos da USP.
A final do Top Ciência aconteceu em agosto, em Campinas, com a premiação dos melhores projetos em 17 categorias. Cerca de 300 pesquisadores de todos o País inscreveram suas iniciativas.
Como prêmio, em outubro, a professora fez uma viagem técnica à sede da BASF em Mannheim na Alemanha, conhecendo também o centro de pesquisa da empresa, a John Deere, uma das maiores empresas de tratores agrícolas do mundo, e a Universidade de Kaiserlauten, onde foi desenvolvido o princípio ativo do fungicida mais utilizado pela BASF.


 


Profa. Manuella, de Engenharia Agronômica. Foto: Assecoms/Uniso