AUTOATENDIMENTO

Projeto de Farmácia incentiva uso de plantas medicinais
12/04/2017 - 08h00

Incentivar o uso de plantas medicinais e medicamentos fitoterápicos em Sorocaba é o objetivo do projeto de extensão que está sendo desenvolvido pelo curso de Farmácia, como parte do programa Fito Sorocaba.
Todas as semanas, a aluna Beatriz Cristine Pardini Frias percorre duas unidades de saúde, dos bairros Vitória Régia e Ulisses Guimarães, oferecendo orientações, promovendo oficinas e distribuindo mudas das plantas de seis plantas medicinais populares escolhidas por possuírem evidência científica. São elas: boldo, guaco, manjericão, melissa (erva cidreira), capim cidreira e hortelã-pimenta. Ela também contribuiu com uma oficina realizada na UBS Paineiras.
Participam, além da comunidade, profissionais da área da Saúde, como médicos, farmacêuticos e enfermeiros. Cada planta possui uma indicação adequada, modo de preparo e quantidade correta, conforme explica a professora Magali Glauzer Silva, Coordenadora do curso. “O objetivo é resgatar o conhecimento popular, oferecer alternativas de tratamento natural e evitar o consumo excessivo de medicamentos”, explica a professora.
Em quase um ano, o projeto já atendeu a aproximadamente 750 munícipes e 35 profissionais da saúde. Além disso, em 2015, foram promovidos treinamentos para 55 profissionais e munícipes.
Essa é uma das ações promovidas dentro do Programa de Bolsas de Extensão da Uniso (Probex), que além de beneficiar a comunidade, busca contribuir com a formação dos alunos.
O Fito Sorocaba foi implantado em 2015 pela Prefeitura de Sorocaba por meio de uma proposta do Ministério da Saúde, e contou com diversas ações na cidade. As plantas matrizes estão no Jardim Botânico de Sorocaba. (Fotos: Divulgação)



Oficina de plantio em unidade de saúde

Em oficina, aluna também realiza uma apresentação sobre cada planta